A menina da renda vermelha

A Menina da Renda Vermelha - Capa.inddCom longos cabelos pretos e cacheados, Tereza sonhava com o dia em que conheceria a sua madrinha e assim tentava imaginá-la. Teria olhos verdes? Castanhos? Seria magrinha ou bem gorda? E será que ela já teria uma toalha de renda para enfeitar a sua casa?
Entre a repetida melodia que as mulheres faziam, no processo de criação das rendas brancas, com seu bilros, pra lá e pra cá, Tereza imaginava uma renda colorida que levaria para a madrinha, no dia em que fosse visitá-la. Mas por ali, tudo era branco, linhas brancas, rendas brancas. Cansada de tudo isso a menina sonhava com o vermelho, cor da linha que pedia para a mãe, para tecer o presente da madrinha.
Em busca do vermelho, Tereza começa a descobrir o mundo a começa a tecer as histórias da própria vida, entre as tranças e o pano. A partir de um cuidadoso projeto gráfico, com a mistura de técnicas de pintura e belíssimas ilustrações, desenrolam-se as aventuras, anseios e sonhos de Tereza, numa crescente renda que promete agradar crianças, jovens e adultos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s