Uma história bruxólica

Uma história bruxólicaRodonésia é uma bruxa bem esquisita. Míope, tagarela e atrapalhada, não consegue voar em vassouras – é alérgica à palha –, prefere planar pelos céus a bordo de rodos, que ela surrupia de residências alheias. Até o dia em que vai parar na casa de Caíque, um menino que aprendeu com a falecida avó tudo sobre bruxas. Ou melhor, quase tudo – é no convívio nem sempre fácil com Rodonésia que Caíque descobre uma porção de coisas inimagináveis sobre o mundo da bruxaria. A cultura popular de Santa Catarina, em especial a de Florianópolis, foi a fonte na qual o autor Cláudio Fragata bebeu para conceber o livro Uma história bruxólica.
As lendas folclóricas do arquipélago dos Açores – terra natal dos colonizadores portugueses que começaram a ocupar a cidade a partir do século XVIII – incluem tradicionais histórias de bruxas que foram incorporadas ao imaginário catarinense. A trama de Fragata é livremente inspirada naquilo que ouviu da boca do povo local.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s