Letras de Carvão

Letras de CarvãoNa pequena cidade de Palenque quase ninguém sabia ler. Com o propósito de ajudar a irmã a decifrar as cartas que recebia, e contando com a ajuda do dono da mercearia, a menina começa a descobrir o que as letras e as palavras significam, e não demora muito para que um mundo novo de possibilidades se abra para ela e para todos os habitantes de seu povoado. Essa é a história que a mãe conta ao filho ao se lembrar da própria infância e de como aprendeu a ler e a escrever.
Ao contar uma história dentro de outra história, esta tocante narrativa conta também como os habitantes dos pequenos povoados e das comunidades quilombolas puderam se transformar em leitores sem que para isso tivessem de perder o vínculo com suas tradições mais genuínas. Os desenhos de Juan Palomino reforçam a importância de valorizar a cultura local por meio de cenas em que crianças e adultos brincam na rua ou nos rios, trabalham e se divertem em meio a uma natureza exuberante, convivem em harmonia festejando e compartilhando a vida e os saberes. O livro baseou-se nos relatos de mães comunitárias durante oficinas de leitura ministrada pela autora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s