Eles que não se amavam

113922001_1GGHavia um abismo entre Alberto e Bernardo – eles se odiavam. Tudo que um gostava, o outro desgostava. Quem gostava de um, não podia nem pensar em gostar do outro. O bando de cada um cresceu e lutou causando destruição. É aí que eles observam os estragos que fizeram a suas vidas e decidem fazer as pazes. Será que, se eles tentassem descobrir uma maneira de se suportar, as coisas não teriam sido diferentes?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s