Rua Âmbar

capa ÂmbarMiro tem duas caixas de madeira onde ele guarda o seu tesouro: em uma das caixas ficam as ferramentas tipo martelo, chave de fenda, arames, torquês, alicate, tesoura, e mais as latinhas de refrigerantes vazias, devidamente lavadas e secadas; na outra caixa ele coloca os objetos que inventa a partir das latinhas: miniaturas de carrinhos, utensílios de cozinha, como panelas, caçarolas, bules, jarros, copos com alça, armários, cadeiras, baldes, e mais peixes, estrelas-do-mar, malas de viagem, barcos, canoas e tantas outras coisas.
Rua Âmbar é uma história repleta de amizade entre crianças e adultos. O mar não é apenas um personagem, mas algo poderoso, de dar medo, e cheio de mistérios. Diante disso, o garoto não quer seguir a profissão de pescador do pai, mas quer ser um pesquisador de tudo o que existe no fundo do mar.

“um pensamento de Miro caiu no mar e virou concha”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s