Daisy Chain

daisy“Daisy Chain” nasceu a partir de uma história de ninar e em três anos tornou-se um dos livros interativos e curta metragem de maior sucesso na Austrália.

O australiano Galvin Scott Davis começou a notar algo diferente no seu filho. Sempre que chegava da escola, o menino ficava calado e não tinha a mesma motivação que antes. “Ele estava mais reservado e descobri que tinha sofrido bullying na escola. Não foi um caso grave, mas foi suficiente para que perdesse a confiança”.
Para auxiliar o filho, Davis decidiu contar uma história de ninar de alguns dos livros infantis da vasta coleção que tem em casa, mas não encontrou nenhuma história apropriada para aquele momento. Então, decidiu inventar uma ‘Dandelion’ que conta a história de Benjamin um menino que através da imaginação e de seus dentes de leão mágicos encontra coragem para enfrentar os valentões da escola, e terminou com a linha de pensamento que diz “bullying é para as pessoas sem imaginação”.
Davis sendo o diretor da agência de mídia digital Sydney Protein, tinha os meios para transformar sua idéia em um aplicativo, usando tecnologia inovadora que permitia ao usuário explodir objetos da tela.
O aplicativo ‘Dandelion’ ganhou vários prêmios e tornou-se o app livro mais vendido na Austrália em 2012.
Mas ganhar prêmios e um livro impresso não foi suficiente para Davis. Ele queria fazer um filme que poderia ser amplamente compartilhado de graça na internet.
Assim nasceu a ideia para o curta metragem ‘Daisy Chain’, um conto sobre uma menina chamada Buttercup Bree, que é perseguida por outras crianças quando tiram uma fotografia dela e a colocam em todas as árvores do parque. É o próprio Benjamin quem ajuda Bree a combatê-los usando uma corrente de margaridas, a sua flor favorita.
O filme é disponibilizado de graça no youtube e Davis se uniu a grupos anti-bullying na Austrália, EUA e Reino Unido para usá-lo como uma ferramenta, com o objetivo de as crianças em idade escolar combaterem o bullying. Como Oscar Yildiz do Bully Zero Austrália Foundation diz: “O curta-metragem de Daisy Chain é um veículo para os pais abordarem o tema do assédio moral com seus filhos, independentemente de terem a suspeita que seu filho pode ser a vítima ou não”.
E sobre o filho de Davis que foi inspiração para esse magnífico projeto, ele resolveu seu pequeno problema de bullying usando sua própria criatividade. “Quando ele foi intimidado me sentei com ele e comecei a falar com ele sobre esse menino que tinha perdido a sua identidade e como ele foi capaz de usar seus dentes de leão mágicos e sua imaginação para combater os valentões da escola”, disse Davis.
“No dia seguinte, ele chamou o agressor e pediu para que fizessem uma história em quadrinhos juntos”.
Aqui é possível baixar o aplicativo interativo Daisy Chain.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s