A Criança Mais Velha do Mundo

71wFmchIJBLHoras, dias, semanas, meses, anos. Será que o tempo passa igual para todo mundo? Criança, adulto, bicho… Nesta poética narrativa, o tempo é visto sob o olhar de uma criança. A criança mais velha do mundo. ‘O amanhã é sempre depois de um segundo. E, com um segundo, passa’.
O tempo é um elemento relativo. Coisas legais passam rápido demais e as chatas demoram a acabar. De forma poética e delicada, Marcelo Romagnoli narra em A criança mais velha do mundo a história de uma garota e o dia de seu aniversário, quando ela vê tudo acontecer novamente em sua vida. Por mais que isso se repita, nada é igual. Mas como uma menina chegaria a essas conclusões?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s