Mônica e Sua Tia Interminável

A vida dever ser vivida profundamente. Tia Fernanda, depois de descobrir que tem uma doença grave, leva essa frase ao pé da letra. Parte para muitas viagens ao redor do mundo; conhece pessoas, vive grandes aventuras… E deixa sua família muito preocupada. Sua sobrinha, Mônica, incumbida pela família de vigiar sua tia “inconsequente”, descobre também uma maneira diferente de (vi)ver a vida!
Júlio Emílio Braz trata nesse livro do sentimento que a consciência criou para o ser humano: o medo da morte. A personagem decide enfrentar a vida e fazer dela algo não penoso e sem certezas: “Não estou perdendo tempo com qualquer dor e decepção, mas seguindo em frente, para a vida e, qualquer dia desses, para a morte. O que chegar primeiro.” – Fernanda, a Tia Interminável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s