A Mãe Que Chovia

mae que chovia
O protagonista do primeiro livro infantil de José Luís Peixoto é filho da chuva. Com uma mãe tão original, tão necessária a todos, tem de aprender a partilhar com o mundo aquilo que lhe é mais importante: o amor materno.
Através de uma ternura invulgar, de poesia e de uma simplicidade desarmante, este livro homenageia e exalta uma das forças mais poderosas da natureza: o amor incondicional das mães.

“Mãe, choves o significado do teu nome sobre a terra, chove amor.”

Anúncios

Um comentário sobre “A Mãe Que Chovia

  1. Um lindo livro que aborda o assunto maternidade e ausência de forma sutil.
    É a história de um menino que é filho da chuva. Os dois têm uma linda relação, mas todos os anos a mãe tem que partir para chover em outros lugares do mundo:

    “A mãe explicava-lhe que, no mundo inteiro, só ela é que sabia chover.
    Era por isso que viajava tanto.
    No verão, tinha de ir chover em países distantes.
    Longe, sentia saudades do filho e algumas das gotas que chovia eram lágrimas.
    O rapaz também ficava triste. Sentia muita falta da mãe.”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s